voltar

PLANO DE PREVIDÊNCIA PRIVADA: COMO FUNCIONA E QUAL A MANEIRA MAIS ADEQUADA DE INVESTIR?

29.12.2021
PLANO DE PREVIDÊNCIA PRIVADA: COMO FUNCIONA E QUAL A MANEIRA MAIS ADEQUADA DE INVESTIR?

Pensar na aposentadoria ainda é algo distante para grande parte da população brasileira, principalmente para os jovens. Como um dia ela chega, suavizá-la com um plano de previdência privada pode ser uma solução interessante. 

Os planos de previdência privada servem como complemento de renda para a aposentadoria concedida pela Previdência Social que, em muitas situações, não será suficiente para a manutenção da nossa segurança financeira. O lado bom é que as seguradoras disponibilizam produtos com vantagens e opções diversificadas para todos os bolsos, facilitando a possibilidade da reserva financeira para objetivos e necessidades futuras. 

Para tirar suas dúvidas sobre o tema, neste artigo vamos mostrar os benefícios da previdência privada, como contratá-la, vantagens, e muito mais. Acompanhe a gente! 

O que é previdência privada? 

O plano de previdência privada é um produto, entre vários outros disponíveis no mercado financeiro, em que o beneficiário investe visando obter uma determinada renda no futuro nesse contexto, temos como opção os fundos de previdência, ou seja, uma forma de aplicação dos recursos buscando, especialmente, rentabilidade no médio/longo prazo, considerando o período de acumulação disponível até o momento do efetivo recebimento do benefício. 

Quais são os tipos de previdência privada? 

No mercado que chamamos de "Entidades Abertas”, existem dois tipos de plano de previdência privada: 

PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) 

Os planos PGBL são recomendados para quem faz a declaração do Imposto de Renda na forma completa. Sendo assim, quem contrata pode deduzir as contribuições realizadas para o plano da sua renda tributável anual. 

É como se o contribuinte deduzisse despesas médicas, por exemplo. No final, ele terá a oportunidade de reduzir o pagamento anual do Imposto de Renda também com as contribuições que realizou para o seu plano de previdência privada. 

Em contrapartida, no momento do resgate, o Imposto de Renda incidirá sobre o valor total das contribuições realizadas e o rendimento acumulado no período. 

VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) 

Ao contrário do PGBL, os contratantes dos planos VGBL não declaram Imposto de Renda ou costumam fazê-lo no modo simplificado. 

Vale ressaltar que para quem faz a declaração na forma completa, o VGBL é benéfico apenas se o usuário aplicar mais do que 12% da renda em previdência privada, pois acima desse limite o PGBL deixa de ser um recurso interessante, visto que as contribuições não são mais deduzidas da base de cálculo do Imposto de Renda. 

Por outro lado, a grande vantagem do VGBL é que, durante o resgate, o IR incide somente sobre os rendimentos e não mais sobre o valor principal das contribuições realizadas no período. 

Quais são os benefícios da previdência privada? 

Liquidez 

O plano de previdência privada permite que, ao ocorrer um falecimento na família, o dinheiro não entre em inventário, ficando disponível de forma imediata para os herdeiros. 

Aplicação automática 

Para quem não tem tempo de fazer depósitos manuais ou transferências, o plano de previdência privada conta com aplicações automatizadas. Os dados como valor, data e conta, por exemplo, podem ser mudados quando o investidor preferir. 

Condução de investimentos 

Possibilidade de alteração das aplicações quando o desempenho é inferior ao esperado. Por isso, é fundamental encontrar especialistas que saibam do assunto para escolher as melhores oportunidades. 

A propósito, o Conselho Monetário Nacional (CMN) estabelece alguns limites para investimentos em plano de previdência privada: 

  • até 100% em renda fixa; 
  • até 70% em renda variável; 
  • até 20% na modalidade de imóveis; 
  • até 10% em investimentos sujeitos à variação cambial; 
  • até 20% para outros investimentos. 

Qual o rendimento da previdência privada? 

Não existe um critério ou valor definido para o plano de previdência privada. No entanto, recomendamos quatro fatores essenciais para você sair em vantagem:

Aplicar o máximo 

Quem realiza aplicações com valores mais altos, certamente seus rendimentos serão maiores. Embora a dica seja clichê, quanto mais economizar na previdência privada, melhor será o seu rendimento. Por isso, fique de olho no mercado financeiro e, periodicamente, faça um depósito vantajoso. 

Avalie seu perfil de investidor 

Existem várias oportunidades de realizar investimentos, mas é necessário saber qual se adequar ao seu nível. Então pergunte-se o quanto você deseja investir, e por quanto tempo. É bom fazer essa reflexão antes dar o próximo passo para não se frustrar ao longo do caminho. 

Taxas e impostos 

Como a maioria dos investimentos, elas são compostas por taxas que impactam no valor resgatado. Neste caso, existem taxas de administração, de carregamento, de saída e de rentabilidade, além de impostos.  

Balanço

Na hora de escolher o tipo de plano de previdência privada, faça um balanço com os custos de cada. 

Como contratar previdência privada? 

Um plano de previdência privada se torna um grande estímulo para a independência financeira, protegendo o contratante e seus familiares de desemprego, doenças, acidentes pessoais, e claro, trazendo mais recursos no momento da aposentadoria. 

E a MDS Brasil traz, com sua experiência de mercado, estratégias diferenciadas e ajustadas para cada perfilRoberta Porcel, superintendente de Vida e Previdência da MDS Brasil, acredita na importância do seguro e da previdência privada para a sociedade: 

"O objetivo principal da nossa área de atuação é prever riscos e proteger as empresas, trabalhadores e seus beneficiários em cenários que envolvam aposentadoria, assistência médica, seguro de vida e demais situações. Acreditamos muito na importância dmercado de seguros para o desenvolvimento do País. Temos um potencial gigante para trabalharmos e a previdência privada apresenta papel fundamental no mesmo”, diz a executiva. 

Acesse a página do produto e conte com a MDS para ter um futuro tranquilo, garantindo a sua segurança e a dos seus dependentes:


Previdência Privada MDS Brasil

 

Como você já sabe agora como funciona a previdência privada, aproveite para obter informação valiosa sempre. Para isso, basta seguir nossas páginas no LinkedIn, Facebook e Instagram e acompanhar o panorama, tendências e as novidades do mercado. 

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, você está consentindo o seu uso.Saiba mais

Compreendi