voltar

Câmara Portuguesa homenageia o empresário José Manuel Dias da Fonseca

18.11.2021
Câmara Portuguesa homenageia o empresário José Manuel Dias da Fonseca

Considerado o maior evento da comunidade empresarial luso-brasileira, o jantar de aniversário da Câmara Portuguesa acontecerá na cidade de São Paulo, no dia 22 de novembro. Mas, para além da comemoração dos 109 anos, o evento celebra a conexão positiva entre Brasil e Portugal e reforça o papel estratégico da instituição nas relações comerciais entre os dois países, que são importantes parceiros de negócios desde 1822, ano da independência do Brasil. 

Como marco dessa parceria, a casa promove na data o Prêmio Personalidade do Ano em reconhecimento a um membro da comunidade que tenha destaque na promoção da relação entre Brasil e Portugal. Este ano, o homenageado é José Manuel Dias da Fonseca, que tem mais de 35 anos de experiência profissional no mercado bancário e seguros e está à frente do Grupo MDS desde o ano 2000, transformando a empresa em um broker com grande destaque no mundo lusófono e uma referência mundial em seguros e riscos. Em edições anteriores, o prêmio já foi entregue a personalidades como Humberto Pedrosa (presidente do grupo Barraqueiro um dos donos da TAP), Rubens Ermírio de Moraes (ex-Presidente da Diretoria Administrativa da Beneficência Portuguesa de São Paulo) e outros imigrantes e empresários do cenário luso-brasileiro.

"Estou muito honrado por receber este reconhecimentoespecialmente em um ano no qual observamos uma grande expansão do comércio entre Brasil e Portugal. Esta homenagem torna ainda mais palpável o trabalho ao qual tenho me dedicado ao longo das últimas décadas: a liderança de um grupo com projeção global e forte presença no espaço lusófono. Para os próximos ciclos, esperamos fortalecer ainda mais os vínculos e criar novas oportunidades de intercâmbio de conhecimentos e de negócios entre as duas pátrias”, diz Fonseca. 

 

Trajetória do líder


A relação de José Manuel Dias da Fonseca com Brasil e Portugal é pautada em paixão, afinidade e negócios. Antes de se juntar à MDS, o executivo liderou o primeiro projeto de 
bancassurance em terras lusas, fundou e dirigiu uma das primeiras Gestoras de Fundos de Pensões e foi Presidente da Real Seguros, uma companhia portuguesa.

Além de capitanear as atividades do Grupo MDS, Fonseca esteve ligado a diversas entidades da área de seguros e gestão de risco. O executivo se destacou como membro do Conselho de Administração do CIAB - Associação Americana de brokers e agentes de seguros, fundou a Apogeris - Associação Portuguesa de Gestão de Riscos e Seguros — a qual presidiu durante 15 anos —, e criou também a Brokerslink, empresa global de corretagem presente em mais de 120 países.  


José também foi Vice-presidente da FERMA - 
Federation of European Risk Management Associations — pela qual foi distinguido como Broker Leader of the Year em razão do trabalho de promoção e dinamização da gestão de risco —, e também foi condecorado pela República da França como Officier Des Arts et Des LettresPor fim, o executivo foi Presidente da Fundação da Casa da Música entre 2006 e 2014 e, atualmente, preside a Casa da Arquitetura no Porto. 

 

Balança comercial favorável 


De fato, a relação econômica entre os dois p
aíses vem sendo cada vez mais promissora. Nos últimos anos, houve aumento das exportações e de cooperação em serviços em diversas áreas. Ocorreram também notáveis ações político-diplomáticas, bem como econômicas, sociais, culturais, jurídicas, técnicas e científicas, em grande parte estimuladas pela Câmara Portuguesa.  

"Somos uma Câmara de negócios voltada para empresas, corporações e empresários que querem investir no Brasil ou em Portugal. Nós ajudamos essas organizações a entenderem o contexto empresarial, institucional e comercial onde elas querem investir e apostar. Nossa premissa é ajudar a fazer os contatos comerciais para viabilizar o sucesso dos negócios”, ressalta Nuno da Mota Veiga Rebelo de Sousa, presidente da Câmara Portuguesa. 

 

Para se ter uma ideia de números, em 2020, as exportações tiveram um importante aumento em relação aos anos anteriores, chegando a US$ 1,63 bilhão. Os principais produtos exportados do Brasil para Portugal são óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, grãos, ferro, frutas, nozes, madeira. Não por acaso, a balança comercial entre os dois países apresentou um superávit de US$ 828,4 milhões, um aumento de mais de 400 milhões se comparado aos números de ano de 2019. 

E as notícias seguem boas para as duas nações, principalmente para o Brasil, já que Portugal tem tido uma importante recuperação econômica, mesmo em tempos de pandemia, o que indica um possível aumento na demanda de consumo. O Produto Interno Bruto (PIB) do país apresentou um crescimento de 2,5% no terceiro trimestre de 2021 na comparação com o mesmo período do ano passado. 

 

O jantar comemorativo do 109º Aniversário da Associação e o Prêmio Personalidade do Ano acontecem no dia 22 de novembro, a partir das 19h30, na Casa Petra – Av. Aratãs, 1010 – Moema, São Paulo.  

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, você está consentindo o seu uso.Saiba mais

Compreendi